O Shiatsu:

A energia precisa circular

Esta é uma técnica oriental milenar de massagem de origem japonesa que utiliza a pressão manual dos dedos, do cotovelo e da palma das mãos para fazer pressão sobre os músculos, beneficiando o relaxamento, a energização e a liberação dos pontos de tensão muscular.

Também age ativando os órgãos internos, a circulação sanguínea, o sistema reprodutivo, digestivo, respiratório e nervoso, promovendo assim o reequilíbrio energético de todos os sistemas corporais, incluindo aqueles responsáveis pelas emoções.

Promove alívio da dor muscular, sensação de bem estar geral, fortalece o sistema imunológico, reduz a fadiga (física e mental), colabora com o equilíbrio emocional, melhora a circulação sanguínea, aumenta a capacidade de eliminar toxinas, melhora o tônus da pele, aumenta o nível de energia.

Pode ser aplicado em pessoas de qualquer idade, desde que aplicado corretamente.

A massagem:

O toque

O toque é tido como demonstração de amizade, carinho, amparo e amor. Todo ser humano necessita dele para viver socialmente. É um dos nossos cinco sentidos.

O toque representa um auxílio na reação à doença. Quando enfermos são tocados, como por exemplo, uma carícia na cabeça, um aperto de mão, já é suficiente para que ele se sinta confortado, com forças e esperanças e isso chega a refletir fisicamente.

Fato comprovado por experimentos clínicos.

A massagem relaxante:

Porque ninguém é de ferro

Massagem relaxante é uma forma de terapia corporal, onde se aplica força e vibração sobre músculos, tendões, ligamentos e articulações utilizando movimentos deslizantes leves e suaves, óleos vegetais perfumados de acordo com o princípio da aromaterapia que proporcionam uma sensação de conforto e descanso.

Combate a irritabilidade, o stress, a falta de concentração, a má circulação, a tensão muscular e auxilia na mobilidade e elasticidade corporais e no relaxamento mental.

É considerada uma massagem preventiva.